Páginas

Como fazer uma monografia

Os passos para se elaborar uma monografia são apresentados neste texto, de forma sintética, buscando orientar estudantes que têm a missão de redigir um trabalho monográfico.

 

Tema deve ser

delimitado

Veja aqui alguns critérios que podem auxiliá-lo a ter

êxito nesta etapa de

definição da pesquisa.

 

Problema com o

problema?

A formulação do problema é crucial para bom êxito da

pesquisa. Saiba como ela

ocorre.

 

O que é pesquisa? Para que se pesquisa em ciências sociais aplicadas?

 

Artigo explica como apresentar objetivos gerais e específicos do projeto

 

Pesquisa tem que ser relevante; projeto deve indicar sua

importância social e científica

 

terça-feira, 8 de abril de 2008

Importância da documentação

Sempre que tratamos em nossas aulas acerca de trabalhos acadêmicos elaborados a partir da leitura, nos deparamos com a necessidade de justificar o por quê deste tipo de exigência intelectual.
As perguntas que surgem (ou ficam implícitas) são: para que fichar um texto? Ou ainda, por que devo fazer um resumo ou anotação? Em uma sociedade que prima pelo pragmatismo, não é de se estranhar que isso ocorra.
Só o fato de os fichamentos e demais trabalhos, como resumos, serem frequentemente solicitados em nossos cursos de graduação e pós-graduação já seria suficiente para justificar a sua importância. No entanto, há outros motivos ainda mais relevantes e que devem ser levados em consideração.
O estudante precisa compreender, antes de mais nada, que o ato de produzir uma documentação (fichários, anotações, resumos) a partir da leitura e das aulas corresponde a uma necessidade ligada ao próprio fator de aprendizagem. Quantos mais ativa a participação do aluno na construção do conhecimento, mais sucesso ele poderá obter em sua vida acadêmica.
O aluno em início de curso ainda não consegue visualizar que a monografia - ou Trabalho de Conclusão de Curso - que lhe será exigido ao final dos quatro ou cinco anos de estudo como requisito para sua aprovação demandará a sistematização e consolidação dos conhecimentos obtidos durante toda a graduação, aplicados a um tema e objeto circunscritos.
Pois bem, o TCC demandará grande dose de leituras, parte das quais já realizadas no decorrer da graduação. Caso o hábito de documentar-se já tenha sido incorporado desde o início do curso, ao final o estudante disporá de farto material (resumos, resenhas, levantamentos, fichários, anotações) para a realização de seu TCC. Além do mais, fichar novas leituras não será uma tarefa difícil, pois o graduando já disporá das técnicas necessárias para tal.
Assim sendo, quanto antes começarmos a fichar e a preparar documentação de estudo, melhor estaremos preparados para encarar os desafios futuros, sejam eles no mercado de trabalho, sejam na área acadêmica.

Nenhum comentário: