Páginas

Como fazer uma monografia

Os passos para se elaborar uma monografia são apresentados neste texto, de forma sintética, buscando orientar estudantes que têm a missão de redigir um trabalho monográfico.

 

Tema deve ser

delimitado

Veja aqui alguns critérios que podem auxiliá-lo a ter

êxito nesta etapa de

definição da pesquisa.

 

Problema com o

problema?

A formulação do problema é crucial para bom êxito da

pesquisa. Saiba como ela

ocorre.

 

O que é pesquisa? Para que se pesquisa em ciências sociais aplicadas?

 

Artigo explica como apresentar objetivos gerais e específicos do projeto

 

Pesquisa tem que ser relevante; projeto deve indicar sua

importância social e científica

 

domingo, 12 de abril de 2009

Como elaborar um esquema

Um esquema é a apresentação visual (isto é, por meio de elementos gráficos) de ideias, conceitos, fatores ou etapas de um processo. Este tipo de recurso é muito utilizado nas tarefas acadêmicas, podendo ser empregado para:
- sintetizar os pontos principais de um texto;
- organizar os itens de uma apresentação de seminário ou palestra;
- esboçar o esqueleto de um texto a ser redigido.

Tal versatilidade nos sugere que a técnica deva ser dominada por estudantes de todos os níveis, inclusive por aqueles que já terminaram suas graduações e se preparam para concursos. As vantagens principais são a fácil fixação dos conteúdos, bem como a praticidade para sua recapitulação.

A elaboração do esquema exige:
- a definição das ideias principais e secundárias (para se chegar até a identificação destas ideias em um texto, recomenda-se a técnica de leitura analítica);
- redação das ideias em tópicos ou frases curtas;
- disposição gráfica dos tópicos, como exemplificado na ilustração, empregando setas, colchetes, retângulos ou subordinação (enumeração das ideias diferenciando as principais das secundárias por uma sequência numérica. Ex. 1.; 1.1.; 1.2.; 2.; 2.1, etc).

Além dos exemplos que podem ser visualizados aqui, existem outros esquemas especiais, tais como o mapa mental e o mapa conceitual. Sobre eles, pretendo fazer um texto específico em uma oportunidade futura. No entanto, no link ferramentas na web, neste blog, há indicação de tutoriais e programas free que auxiliam na execução destes tipos de esquema.

9 comentários:

Anônimo disse...

Estou começando a graduação de Direito e os seus esclarecimentos sobre os tipos de esquemas , foram de grande valia pra mim!
Obrigada!
Grazziella

Anônimo disse...

Estou no curso de pós graduação em Gestão de Finanças e Políticas Públicas, em Recife/PE e o seu texto foi o melhor que localizei na rede/internet que tratou do tema "Como elaborar um esquema" já que os esclarecimentos foram objetivos e claros, além de exemplificar os modelos gráficos. Parabéns.

TM

Nicole disse...

Assim como TM, esse foi o melhor texto que encontrei na internet. Sou mestranda e estou finalizando meu projeto de qualificação. Muito obrigada!

Anônimo disse...

Estou no quarto período do curso de Pedagogia, em Governador Valadares MG e suas informações de como elaborar um esquema foram valiosas, valeu! Aprendi mesmo, foi clara e objetiva. Obrigada.
Clemilda

Anônimo disse...

O meu velho meus parabéns pelo texto, pois o mesmo é de muita valia.

Victor disse...

Entrei pro curso de Ciencias Socias e tava muito afim de como é que faz um esquema. Valew pela dica.

Historiador Legal disse...

Graças ao senhor encontrei na internet algo de conteúdo pragmático e empírico, que pudesse alicerçar meus conhecimentos sobre metodologia científica, que até o momento no meu curso de graduação em História tem sido meu "inferno de dante", ô materiazinha difícil!Obrigada por que o senhor salvou minha pele! Se quiser responder meu comentário ficarei muito feliz!

Anônimo disse...

Comecei há pouco tempo minha Graduacao em Direito.Agradeco suas dicas!!!!!

Anônimo disse...

Sou Assistente Social, Mestre em Políticas Públicas, e sempre passo texto pra os meus alunos fazerem esquemas, esse texto será de grande ajuda para orientá-los.

Henrique